4.1.13

Um ano difícil?

O alarme está dado, a situação económica e financeira dos portugueses vai piorar. O Tribunal de Contas diz-nos que os ministérios nada fizeram para reduzir as suas despesas de funcionamento, o Presidente da República envia para o Tribunal Constitucional um pedido de fiscalização de algumas (3) matérias do OE para 2013, o Benfica ganha seis a zero ao Rio Ave, o Pinto da Costa continua feliz com a sua brasileira, o Vale e Azevedo vê negado mais uma vez o seu pedido de habeas corpus, a novela "Casa Pia" continua com mais uns tantos folhetins, o Alberto João Jardim não para de gozar com a rapaziada, a maioria das Câmaras Municipais estão na pré-falência, o governo das privatizações nacionaliza bancos falidos ou usa o nosso dinheiro para manter os lucros dos accionistas, a União Europeia recebeu o Prémio Nóbel da Paz, do Afganistão pouco ou nada se sabe, do Iraque o mesmo, o Hugo Chavez está muito doente e o mundo capitalista deseja-lhe a morte mais cruel, a UGT diz que rasga o acordo que fez, o Gaspar continua com muito boa disposição...enfim, o mundo não parou, o mundo não pára.

A CGTP marcou mais uma luta nacional para Fevereiro, os trabalhadores resistem nas empresas e exigem os seus direitos..., a luta continua mais ou menos silenciosa, as consciências evoluem e um outro «sol brilhará para todos nós».

A todos que me leem um bom ano. 

Sem comentários: